Associados
Beneméritos

ESPANHA QUER “VENDER” AV AOS EUA

Madrid está apostada em vender aos EUA soluções de Alta Velocidade “Made In/By Spain”.

A aposta de Espanha na Alta Velocidade ferroviária não se fica pela construção da maior rede europeia, nem pelo fabrico e manutenção de material circulante. O Ministério do Fomento aposta em exportar a experiência acumulada, nomeadamente para os EUA, que agora se dispõem a investir na área.

Uma delegação de responsáveis norte-americanos está desde ontem no país vizinho para contactar as autoridades espanholas e as principais empresas do sector ferroviário e conhecer “in loco” os serviços de Alta Velocidade e de Velocidade Elevada de “nuestros hermanos”.

A agenda, preparada pelo Instituto Espanhol de Comércio Externo e pelo Ministério do Fomento, compreende encontros com responsáveis da Renfe e da Adif, empresas públicas, mas também da CAF e da Talgo, companhias privadas construtoras de material circulante.

Além disso, os norte-americanos visitarão ainda estações de Alta Velocidade, o centro de controlo de tráfego da Renfe e, claro, viajarão em várias das linhas actualmente em exploração.

Com esta e outras acções, o governo espanhol espera garantir para o país uma fatia do “bolo” de 90 mil milhões de dólares que o governo de Obama se propõe investir em infra-estruturas, nomeadamente na Alta Velocidade ferroviária.

por TRANSPORTES & NEGÓCIOS

[fonte: http://www.transportesenegocios.com/newsletter/Noticia18.htm]

Retroceder

Siga-nos em LinkedInfacebook| Contactos | Mapa do site | Termos e condições de utilização | @ 2010 ADFERSIT. Todos os direitos reservados